Orações a Nossa Senhora

Visto 18 vezes

AVE-MARIA

Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois Vós entre as mulheres, e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus.

Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.

SALVE RAINHA

Salve Rainha, Mãe de misericórdia, vida, doçura e esperança nossa,

salve!. A Vós bradamos os degredados filhos de Eva;

a Vós suspiramos, gemendo e chorando, neste vale de lágrimas.

Eia, pois, Advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nos volvei;

e depois deste desterro mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre.

Ó Clemente, ó Piedosa, ó doce sempre Virgem Maria!

Rogai por nós, Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém.

ÂNGELUS

D/. O Anjo do Senhor anunciou a Maria.

R/. E Ela concebeu do Espírito Santo.

D/. Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco; bendita sois Vós entre as mulheres, e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus.

R/. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.

D/. Eis aqui a escrava do Senhor.

R/. Faça-se em mim segundo a vossa palavra.

Ave-Maria…

D/. E o Verbo se fez carne.

R/. E habitou entre nós.

Ave-Maria…

D/. Rogai por nós, Santa Mãe de Deus,

R/. Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

D/. OREMOS: Derramai, ó Deus, a vossa graça em nossos corações, para que, conhecendo pela mensagem do Anjo a Encarnação do vosso Filho, cheguemos, por sua Paixão e Cruz, à glória da Ressurreição. Por Jesus Cristo, nosso Senhor.

R/. Amém.

D/. Glória ao Pai,  e ao Filho e ao Espírito Santo.

R/. Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

(Três vezes o Glória)

D/. Ave Maria puríssima.

R/. Sem pecado concebida.

REGINA COELI

(Reza-se em lugar do Ângelus durante o Tempo Pascal)

D/. Rainha do Céu, alegrai-vos,  aleluia!

R/. Porque quem merecestes trazer em vosso seio, aleluia!

D/. Ressuscitou como disse, aleluia!

R/. Rogai a Deus por nós, aleluia!

D/. Alegrai-vos e exultai, ó Virgem Maria, aleluia!

R/. Porque o Senhor ressuscitou verdadeiramente, aleluia!

D/. OREMOS: Ó Deus que pela Ressurreição de vosso Filho, nosso Senhor Jesus Cristo, dignastes-vos alegrar o mundo, concedei-nos, nós vos pedimos, que por sua Mãe, a Virgem Maria, gozemos da vida eterna. Pelo mesmo Jesus Cristo, nosso Senhor.

R/. Amém.

D/. Glória ao Pai, e ao Filho e ao Espírito Santo.

R/. Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

D/. Ave Maria puríssima.

R/. Sem pecado concebida.

LEMBRAI-VOS

Lembrai-vos, ó piedosíssima Virgem Maria,

que jamais se ouviu dizer que algum daqueles que têm recorrido à vossa proteção,

implorado a vossa assistência, e reclamado o vosso socorro,

fosse por Vós desamparado.

Animado, eu, pois, com igual confiança,

a Vós ó Virgem entre todas, singular, como Mãe recorro, de Vós me valho,

e gemendo sob o peso de meus pecados,

prostro-me a vossos pés.

Não desprezeis as minhas súplicas, ó Mãe do Filho de Deus humanado;

mas dignai-vos de as ouvir propícia e de me alcançar o que vos rogo. Amém.

SUB TUUM PRAESIDIUM

À vossa proteção nós recorremos,
Santa Mãe de Deus;
não desprezeis as súplicas
que em nossas necessidades
vos dirigimos,
mas livrai-nos sempre
de todos os perigos,
ó Virgem gloriosa e bendita.

MAGNIFICAT

MagnificatA minha alma proclama a grandeza do Senhor, meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador;

porque olhou a humildade de sua serva.

Desde agora me glorificarão todas as gerações, porque o Todo-Poderoso fez em mim grandes obras:

Seu Nome é Santo e sua misericórdia chega a seus fiéis de geração em geração.

Ele faz proezas com seu braço: dispersa os orgulhosos de coração,

derruba do trono os poderosos, exaltou os humildes,

aos famintos os saciou de bens e os ricos os despediu vazios.

Auxilia Israel seu servo, lembrando-se de sua Misericórdia,

como Ele havia prometido a nossos pais, em favor de Abraão e sua descendência para sempre.

CONSAGRAÇÃO A NOSSA SENHORA

Ó minha Senhora, ó, minha Mãe!

Eu me ofereço todo a Vós,

e em prova de minha devoção para convosco,

eu vos consagro neste dia:  meus olhos,

meus ouvidos, minha língua, meu coração; e inteiramente todo o meu ser.

E como assim sou vosso, ó, incomparável Mãe,

Guardai-me, defendei-me, como coisa e propriedade vossa. Amém.

BENDITA SEJA A VOSSA PUREZA

Bendita seja a vossa pureza,

e eternamente o seja,

pois todo um Deus se recreia

em tão graciosa beleza.

A Vós, celestial princesa,

ó Virgem sagrada Maria,

ofereço-Vos neste dia

alma, vida e coração,

olhai-me com compaixão

não me deixeis, Mãe querida.

AVE MARIS STELLA

Ave, Estrela do Mar, Ave Mãe de Deus, Virgem para sempre, porta ditosa dos céus.

De Gabriel, o Arcanjo, aquele Ave tomando, concede ao mundo a paz, de Eva o nome trocando.

Aos réus dissolve as algemas,  aos cegos concede a luz. Repele Tu os males, alcança o que ao céu conduz.

Seja Mãe; as nossas preces. por Ti subam ao céu, ao que, por nós nascido, quis ser o Filho teu.

Virgem entre todos singular, suave mais que os outros, as nossas culpas dissolve, fazendo-nos mansos e puros.

Dá-nos a vida serena, e que seguros cheguemos, para que, vendo Jesus, sempre nos alegremos.

Glória se dê ao Pai, honra a Cristo Senhor e ao Espírito Santo, aos três só louvor. Amém.

Links Simples

Gerencie seus Links aqui.

Configurações, categorias e pedidos também podem ser encontrados neste menu.

STABAT MATER

Estava a Mãe dolorosa junto da Cruz, lacrimosa, da qual pendia o seu Filho.

Banhada em pranto amoroso, neste transe doloroso, a dor lhe rasgava o peito. 

Ó quão triste e quão aflita se encontrava a Mãe bendita, chorando o seu Unigénito.

Estava triste e sofria e porque Ela mesma via as dores do Filho amado.

Quem não chora, vendo isto, contemplando a Mãe do Cristo, em tão grande sofrimento?

Quem não se contristaria, vendo a Mãe de Deus, Maria, padecendo com seu Filho?

Por culpa de seu povo, viu a Jesus inocente, cruelmente flagelado.

Viu seu Filho muito amado, que morria abandonado, entregando o Seu espírito.

Dá-me, ó Mãe, fonte de amor, que eu sinta a força da dor, para que eu chore contigo.

Faze arder meu coração do Cristo Deus na paixão, para que eu sofra com Ele.

Minha Mãe, ó dá-me isto: Trazer as chagas do Cristo gravadas no coração.

Do teu Filho as feridas, para meu perdão sofridas, vem reparti-las comigo.

Quero contigo chorar e a cruz compartilhar, por toda a minha vida.

Junto à Cruz contigo estar, ao teu pranto me associar, desejo de coração.

Virgem das virgens, preclara não me negues, Mãe tão cara, poder contigo chorar.

Que eu viva de Cristo a morte, da Paixão seja seu consorte, celebrando suas chagas.

Que meu coração magoado, pela Cruz apaixonado, seja em Seu Sangue remido.

Por Maria amparado que eu não seja condenado no dia de minha morte.

Ó Cristo, que eu tenha a sorte, no dia de minha morte der levado por Maria.

E no dia em que eu morrer, faze com que eu possa ter a glória do Paraíso. Amém.

SÚPLICA À VIRGEM DA MEDALHA MILAGROSA

É rezada, especialmente, às 5h do dia 27 de novembro, Festa da Medalha Milagrosa, e em necessidades urgentes, qualquer dia, nesse horário.

Ó Virgem Imaculada, sabemos que estais sempre e em toda a parte prontos a ouvir as orações dos vossos filhos banidos neste vale de lágrimas, mas também sabemos que tendes dias e horas em que vos alegrais por difundir mais abundantemente os tesouros das vossas graças. E bem, ó Maria, aqui estamos prostrados diante de Vós, precisamente neste dia e hora abençoados, por Vós, escolhida para a manifestação da vossa Medalha.

Viemos a Vós, cheios de imensa gratidão e confiança ilimitada nesta hora tão querida, para vos agradecer o grande dom que nos destes ao dar-nos a vossa imagem, para que seja para nós um testemunho de afeto e um penhor de proteção. Prometemos-vos que, de acordo com o vosso desejo, a santa Medalha será o sinal da vossa presença conosco, será o nosso livro no qual aprenderemos a saber, de acordo com o vosso conselho, o quanto nos tem amado e o que devemos fazer para que tantos sacrifícios vossos e do vosso Divino Filho não sejam inúteis.

Sim, o  vosso Coração trespassado, representado na Medalha, sempre repousará sobre o nosso e o fará bater em uníssono com o seu. Ele o inflamará com amor por Jesus e o fortalecerá para carregar a cruz atrás dele todos os dias.

Esta é a vossa hora, ó Maria, a hora da vossa inesgotável bondade, da vossa misericórdia triunfante, a hora em que brotais, através da vossa Medalha, aquela torrente de graças e prodígios que inundou a terra.

Concedei, ó Mãe, que esta hora que vos recorda a doce emoção do vosso Coração, que vos moveu a vir visitar-nos e a trazer-nos o remédio para tantos males, faça desta hora também a nossa hora, a hora da nossa conversão sincera e a hora em que os nossos votos sejam plenamente ouvidos.

Vós, que prometestes precisamente nesta hora feliz, quão grandes seriam as graças para aqueles que as pedem com confiança: tornai benigno o vosso olhar para as nossas súplicas. Confessamos-vos  não merecer as vossas graças, mas a quem nos voltaremos, ó Maria, senão a Vós, que sois a nossa Mãe, em cujas mãos Deus colocou todas as suas graças? Então tende piedade de nós. Pedimo-lo pela vossa Imaculada Conceição e pelo amor que vos moveu a dar-nos a vossa preciosa Medalha. Ó Consoladora  dos aflitos, que já te comovestes com as nossas misérias, olhai para os males que nos oprimem.

Que a vossa Medalha derrame sobre nós e sobre todos os nossos entes queridos os vossos raios benéficos: curai os nossos doentes, dai paz às nossas famílias, libertai-nos de todo o perigo.

Que a vossa Medalha traga alívio aos que sofrem, conforto para o choro, luz e força para todos. Pedimos-vos especialmente a conversão dos pecadores, particularmente daqueles que nos são mais queridos. Lembrai-vos de que por eles sofrestes, orastes e chorastes.

Salvai-nos, ó Refúgio dos pecadores, para que, depois de todos vos termos amado, invocado e servido na terra, possamos ir agradecer-vos e louvar-vos eternamente no Céu. Amém.

Se você gostou, compartilhe